segunda-feira, 19 de março de 2012

Palestras da Semeare em Paulínia

A Semeare realizará 10 palestras sobre o bullying para alunos da rede estadual de Paulínia. O trabalho faz parte da campanha contra a violência que a secretaria de educação do município realiza. Parabéns Paulínia!

Combate à Violência - 5/5/2011
Prefeitura de Paulínia inicia Campanha de Combate e Prevenção à Violência Infanto-juvenil

Foto:     Clique na imagem para ampliar
A Prefeitura de Paulínia por meio da Secretaria da Criança e do Adolescente (Seca) inicia a VII Campanha de Combate e Prevenção à Violência, uma ação de formação, informação, sensibilização e mobilização da sociedade para o problema que atinge cada vez mais crianças, adolescentes e jovens.
Durante a Campanha, a Secretaria da Criança e do Adolescente vai inves-tir em atividades educativas como: teatro, palestras para pais, alunos e educadores, cine debate, publicação e divulgação multimídia do tema, além de promover eventos junto a públicos estratégicos.
A Campanha inicia uma mobilização para proteção de crianças e adolescentes paulinenses e terá ações ao longo do ano. “A idéia é envolver a família e a sociedade para uma ação conjunta que ajude a reduzir os casos de violência contra nossas crianças e adolescentes”, explica a secretária da Criança e Adolescente.
Mais de 260 adolescentes da Escola Estadual Núcleo Habitacional José Paulino Nogueira participaram no dia 29 de abril, na Câmara de Paulínia, de uma palestra sobre bullying ministrada pela pedagoga formada na Unicamp, Aline Archangelo. No dia 25 de abril cerca de 130 pais de crianças e adolescentes atendidos pela Seca participaram da palestra sobre violência doméstica ministrada por profissionais do Centro de Prevenção, Kênia Guimarães e Patrícia Ferraz. O evento ocorreu na Sala da Imprensa do Paço Municipal no período noturno.
Para a coordenadora pedagógica da Escola Núcleo, Sônia Sigrist, a pales-trante conseguiu sensibilizar os alunos com uma linguagem simples, clara e objetiva. A escola já está trabalhando o tema em sala de aula, por isso esta parceria com a Seca é muito importante para nós.
A Campanha terá também capaci-tação para conselheiros tutelares e um curso para adolescentes de mediação de conflitos como instrumento de superação da situação de violência.
Outra novidade que a Campanha deste ano traz é o envolvimento da Promotoria da Infância e Juventude que estará ministrando palestras para os alunos das escolas envolvidas, abordando as questões do bullying e suas consequências.
De acordo com as profissionais do Centro de Prevenção da Secretaria da Criança e do Adolescente a meta é atingir 4 mil alunos das Escolas que têm nos pedido ajuda, além dos adolescentes que são atendidos nas oficinas socioeducativas da Seca. 



Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Li e não gostei.

Acabei de ler uma matéria no site da Revista Encontro dizendo que o caso de Goiânia não foi bullying. Até aí tudo bem, nem sempre é fác...