Siga-nos nas Redes Sociais

10 Anos do Massacre de Columbine



Muitas pessoas reuniram-se ontem em mémoria aos mortos de Columbine high school no estado do Colorado, Estados Unidos. O episodio em 20 de abril de 1999 deixou 14 mortos e 23 feridos. Bandeiras a meio-pau na escola e dezenas de rosas foram depositados em um memorial instalado no local em sinal de luto.
Familiares das vítimas e líderes comunitários se reuniram para homenagear os mortos quando os adolescentes Eric Harris e Dylan Klebold, fortemente armados, epalhrarm terror pelos corredos do colégio (ver post do dia 25/02/2009 para maiores detalhes sobre caso, inclusive um vídeo).
Cerca de 70 pessoas protestaram na sede do parlamento estadual contra o descontrole sobre armas, enquanto legisladores aprovavam uma resolução em memória às vítimas, batizada de "triunfo sobre a tragédida".
Neste domingo, foi realizada uma vigília à luz de velas no Littleton's Columbine Memorial. O governador de Colorado, Bill Ritter, disse que o massacre "continuará vivo em nossas memórias".
Caso não ocorram medidas mais eficazes como um controle maior de vendas de armas, um projeto anti bullying nas escolas e uma maior participação dos pais na educação dos filhos, casos como esses serão sempre presentes nos noticiários do mundo todo, como todos os que aconteceram antes e depois de Columbine.

4 comentários:

Deixe seu comentário!

O pior caso dos últimos 10 anos

Sem dúvida este foi considerado um dos piores episódios do mundo devido à quantidade de pessoas mortas.

No ano de dois mil e sete, na Universidade de Virginia Tech, o estudante Cho Ceung-hu matou 32 pessoas e depois a si próprio em um dos eventos mais tristes e lamentáveis envolvendo bullying.

Mais tarde descobre-se que o estudante havia enviado um vídeo a uma emissora de televisão americana com uma mensagem de despedida.

Nesta gravação Cho Ceung-hu descreve que sofreu muito e que muitas pessoas partiram seu coração empurrando-o para essa situação que o levaria a este fim trágico.

O vídeo exibia imagens do rapaz segurando armas apontadas para a câmera e também segurando um martelo. Essas imagens foram gravadas dois meses antes do ocorrido.

Dias depois a família, através de uma mensagem enviada pelo irmão de Cho Ceung-hu, lamenta o episódio e se diz profundamente arrependida pela devastação que o rapaz causou a vida e a família de todas estas trinta e duas vítimas.



8 comentários:

Deixe seu comentário!