Dá para acreditar, sim!

23:16


Será preciso quantos casos como este para que a escola assuma seu papel de PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO e passe a elaborar projetos de prevenção ao fenômeno dignos de reduzirem casos de bullying?

Não adianta passar uma filminho ou outro para os alunos, não adianta os professores lerem um livro sobre o tema, é preciso muito mais... um trabalho semanal, diário, um projeto bem elaborado, professores capacitados. 

A escola, de fato, precisa parar de se preocupar tanto em fazer o aluno passar no vestibular (porque é bonito né? colocar no outdoor X APROVADOS NA USP, UNICAMP, 1º LUGAR NO ENEM! etc...) e deve preocupar-se mais em formar cidadãos de bem, responsáveis e comprometidos com suas açoes...

Você provavelmente vai gostar

0 comentários

Deixe seu comentário!