terça-feira, 17 de maio de 2011

Os jovens sabem o que é bullying?

Jovens têm muitas dúvidas sobre 'bullying', diz Secretaria da Saúde 

Um estudo feito pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo sobre as dúvidas dos jovens, recebidas por meio de ligações para o Disque-Adolescente aponta que o bullying incomoda um em cada cinco adolescentes. O Disque-Adolescente é o serviço telefônico de orientação da Pasta. - De janeiro de 2008 a dezembro de 2010, esse serviço recebeu 1,7 mil telefonemas de jovens de 10 a 20 anos de idade. Das dúvidas classificadas como psicológicas, 20% eram sobre dificuldades de relacionamento na escola.
"O bullying, principalmente no ambiente escolar, é extremamente prejudicial ao desenvolvimento dos adolescentes, podendo inclusive criar traumas e problemas psicológicos graves que necessitem de acompanhamento médico", explica Albertina Duarte, coordenadora do Programa Saúde do Adolescente, da Secretaria.

De acordo com a coordenadora, dúvidas sobre contracepção correspondem a 33,2% do total de ligações, sendo que a maioria das chamadas foi para buscar esclarecimentos sobre o uso de anticoncepcional oral e de preservativos masculinos. Além disso, foram concedidas também orientações sobre temas como sexualidade (19,2%), dúvidas ginecológicas, obstétricas (21,2%) e urológicas (5,3%), dentre outras.

"Esses dados são referentes aos assuntos que motivaram a ligação dos adolescentes. No decorrer das conversas com nossos profissionais, porém, o tema bullying apareceu por muitas vezes como dúvida secundária, o que é uma clara demonstração de que este é um problema sério, que incomoda muito os jovens", reforça Albertina.

O Disque-Adolescente é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde e da Casa do Adolescente de Pinheiros. Uma equipe formada por médicos, psicólogos e assistentes sociais orienta os jovens por meio do telefone (11) 3819-2022 de segunda a sexta-feira, das 11 às 14 horas.

Fonte: http://www.dci.com.br/Jovens-tem-muitas-duvidas-sobre-bullying_-diz-Secretaria-da-Saude-8-373720.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Li e não gostei.

Acabei de ler uma matéria no site da Revista Encontro dizendo que o caso de Goiânia não foi bullying. Até aí tudo bem, nem sempre é fác...