Siga-nos nas Redes Sociais

Passeata em Franca contra o bullying.

Escolas fazem passeata contra bullying em Franca


Manifestação reuniu estudantes, pais e professores de sete colégios

Fonte EPTV

Alunos, pais e professores de sete escolas de Franca fizeram uma manifestação contra o bullying nesta quinta-feira (14).
Mais de três mil pessoas, a maioria vestidos de branco, percorreram as ruas e avenidas da cidade pedindo paz nas instituições de ensino.
Cartazes foram levados com nomes das crianças assassinadas na semana passada em um colégio de Realengo, no Rio de Janeiro, como forma de apelo.
Em inglês, a palavra a palavra bullying significa amedrontar. Dois casos foram registrados este mês em Ribeirão Preto.
No dia 1º, uma estudante de enfermagem da Universidade Barão de Mauá teria sido agredida por outras três meninas dentro da faculdade. Ela teve fraturas no rosto e registrou Boletim de Ocorrência. A confusão começou porque ela teria reclamado com a direção da instituição de estar sofrendo ameaças. 
E nesta quarta (13), duas adolescentes foram ameaçadas com um canivete por um casal de irmãos menores de idade na escola municipal Anísio Teixeira, no Jardim Iguatemi. A ação somente não se concretizou porque inspetores do colégio impediram.

0 comentários:

Deixe seu comentário!