Bullying e Justiça Restaurativa

13:51

Oi Pessoal, 

É domingo, e passei por aqui apenas para colocar este artigo para vocês sobre bullying e justiça restaurativa. Quem escreveu foi o professor Neemias Moretti Prudente e Alexandre Moraes da Rosa. 

Para quem quer escrever um TCC ou monografia sobre bullying, este recorte é muito interessante. Por meio da Justiça Restaurativa, muitos projetos sobre bullying se tornaram mais eficazes.

O artigo inicia-se neste post, mas para quem quiser lê-lo na íntegra, acessem a página bullying aqui mesmo no Blog Bully No Bullying! Agora, deixe-me ir que a criançada quer brincar...

Grande abraço,
Carol.

Bullying escolar e justiça restaurativa
Por: Alexandre Morais da Rosa e Neemias Moretti Prudente

O objetivo deste ensaio é tecer algumas considerações sobre o bullying, sobretudo quando ocorre no âmbito escolar, e apresentar a justiça restaurativa como uma das formas de resolver os conflitos que envolvem a prática do fenômeno.
O bullying é uma prática presente no cotidiano, um problema mundial que todas as sociedades, desenvolvidas ou em desenvolvimento, enfrentam. Embora a maioria das pessoas desconheça o fenômeno, sua gravidade e abrangência, ultimamente este fenômeno tem chamado a atenção e aos poucos está sendo reconhecido como causador de danos e merecedor de medidas para sua prevenção e enfrentamento.
O bullying (termo inglês que significa tiranizar, intimidar) é um fenômeno que pode ocorrer em qualquer contexto no qual os seres humanos interagem, tais como, nos locais de trabalho (workplace bullying, mobbing ou assédio moral, como vem sendo chamado no Brasil), nos quartéis, no sistema prisional, na igreja, na família, no clube, através da internet (cyberbullying ou bullying digital) ou do telefone celular (móbile bullying), enfim, em qualquer lugar onde existam pessoas em convivência(1). 
....
(continua na página BULLYING neste mesmo blog!)

Você provavelmente vai gostar

4 comentários

  1. Seu BLOG É UMA MERDA Ñ ME AJUDOU EM NADA ...

    ResponderExcluir
  2. Puxa que pena! Adicione idéias para que ele possa se tornar cada vez melhor... O que procurou exatamente?
    Obrigada por comentar,
    Carolina.

    ResponderExcluir
  3. Ao contrário eu adorei seu blog,tenho apenas 13 anos e ja sou contra o bullying.Obrigada,Débora

    ResponderExcluir
  4. Eu acho muito legal essa iniciativa,eu tenho so nove anos e ja sei que praticar bullying e errado para qualquer pessoa por que ninguem e mais do que ninguem nesse mundo .

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!